Independentemente do nicho de mercado em que você esteja ou quais estratégias de pesquisa de palavras-chave você utiliza, a maior parte do seu tempo será gasto usando o Google Keyword Planner ou o Planejador de Palavras-chave do Google.

Nesse artigo, te ensinaremos como utilizar essa incrível ferramenta, inclusive para encontrar palavras-chave de cauda longa com um baixo volume de competição e uma baixa concorrência para você extrair o máximo de suas campanhas de SEO.

Iniciando no Google Keyword Planner

Para utilizar essa ferramenta, você precisará ter uma conta do Google Ads. Depois de ter configurado o login no Google Ads, na página inicial, clique no botão Ferramentas (com uma figurinha de uma ferramenta). Em seguida, clique em Planejador de palavras-chave.

A ferramenta irá te apresentar duas opções. Como sua intenção é realizar uma pesquisa de palavras-chave, selecione a opção “Encontrar novas palavras chave” e insira o endereço do seu site para que o Google faça uma busca nele e encontre as palavras relacionadas. É possível também colocar o site do seu concorrente, ou alguma frase ou palavra chave relacionada com os seus produtos / serviços. Feito isso, clique em “Começar”.

Repare que na parte superior da tela aparece o local, idioma e a rede de pesquisa utilizada para o resultado do Google Keyword Planner. Clicando no lápis que aparece ao lado desses itens é possível modificá-los e isso influencia no resultado.

Exemplo: Pesquisando a expressão “viagem para disney” verificamos que no Brasil houve uma média de 9900 pesquisas por mês do termo. Se formos específicos para o estado do Paraná, por exemplo, veremos que foram 480 pesquisas mensais.

Outro detalhe: Selecionando a opção Google, o sistema retornará somente as pesquisas dentro do Google (Google, Google Maps, YouTube). Selecionando a opção Google e Parceiros de Pesquisa, ele selecionará também as buscas de sites parceiros (Uol, iG, blogs, etc). Isso aumentará a quantidade de pesquisas pela sua palavra chave, mas pode afetar também o valor do seu orçamento.

Analisando as sugestões do Google Keyword Planner

Continuando com o exemplo do termo “viagem para disney”, é apresentado na tela os seguintes itens:

  • Palavra chave
  • Média de pesquisas mensais
  • Concorrência (qual o nível de concorrência daquele termo de pesquisa)
  • Lance na parte superior da página (menores valores)
  • Lance na parte superior da página (menores valores)

Se você clicar na opção “Média de Pesquisas Mensais”, o Google irá apresentar em ordem decrescente das palavras mais pesquisas. Repare que o termo mais pesquisado é “Disney”, mas não é um termo bom para o nosso caso, pois a pessoa pode estar procurando tanto a viagem para a Disney, quanto um filme / desenho dessa empresa.

Clicando no funil do lado direito, é possível filtrar as palavras chave. No nosso exemplo, vamos:

  • Excluir conteúdo adulto
  • Selecionar as palavras chave com concorrência média e baixa (tendem a ter um valor menor por clique)
  • Excluir os termos que não contém a palavra “europa”, pois nesse exemplo trabalhamos apenas com viagens à Orlando e não pra Disney na Europa.

Planejador de palavras chave do Google

Selecione as palavras chave mais interessantes para o seu anúncio e em seguida clique em “Adicionar ao plano”.

Feito isso, selecione a opção “Visão Geral do Plano” e você pode ter uma boa ideia de quantas vezes o seu anúncio será exibido, quantas vezes será clicado, qual o custo da campanha, em que dispositivos é mais clicado, qual o custo médio por clique, qual o CTR médio, etc….

Não existe uma fórmula pronta para encontrar as palavras que trarão mais vendas para a sua empresa, mas baseado nas dicas deste artigo você deve iniciar seus estudos e ir adaptando a campanha conforme ela for acontecendo.

Precisa de um site para turbinar suas vendas? Solicite um orçamento sem compromisso!

Compartilhe nas Redes Sociais: